refletir

Quando o homem aprender a respeitar até o menor ser da criação, seja animal ou vegetal, ninguém precisará ensiná-lo a amar seu semelhante.



sábado, 30 de abril de 2011

sexta-feira, 29 de abril de 2011








Conheça a urtiga



O nome urtiga vem do latim (queimar / arder) e é uma designação genérica de várias plantas que apresentam um mecanismo de ação semelhante. A mais comum delas e a Urtica dioica. Apresentam um risco para os praticantes de trilhas, pois quando entram em contato com a pele, provocam dilatação dos vasos, sanguinios e uma espécie de inflamação. As substancias agressivas ficam armazenadas em minúsculos pêlos que se espalham pelo caule e folhas da planta. A parte inferior do pelo apresenta incrustações de cálcio, o que lhe dá rigidez, mas a ponta é frágil e se rompe ao mais ligeiro toque.Em geral a Urtiga é considerada segura e é considerada uma planta medicinal sendo usada para vários fins como anemia, hemorragia, hipertrofia da próstata entre outras enfermidades.


Contra indicações

Existe o risco de reação alérgica. Salienta-se contudo, que pacientes com hipertensão, cardiopatias, diabetes ou insuficiencia renal, podem sofrer descompensão, devido aos efeitos diurético da planta, a manipulação para fins medicinais desta planta deve ser supervisionada por técnicos de saúde.

domingo, 17 de abril de 2011


De tartarugas em chaveiros a matanças, animais sofrem com o homem.


Segundo a organização WWF, o Tubarão-baleia é um animal gentil e que corre risco de extinção por causa da pesca comercial.

Na China chaveiros com animais vivos são vendidos ao ar livre.Até tartarugas do Brasil são encontradas nos chaveiros. Não há nenhuma lei que proíba a pratica.

Na África do Sul Rinocerontes tem seus chifres removidos. Apesar de parecer ruim, a medida é necessária para salvar a vida dos animais. Os chifres são removidos para impedir que os animais continuem sendo alvo de caçadores. Os efeitos da remoção dos chifres na vida dos rinocerontes são incertos, mas donos de reservas vem isso como a única forma de impedir a matança. Pelo menos 71 Rinocerontes já morreram por causa da caça ilegal na África do Sul só neste ano e em 2010 333 Rinocerontes foram mortos por caçadores ilegais.

Uma das espécimes mais ameaçadas de extinção no planeta, o Tigre sofre com a perda de habitat. Estudo indica que mais de mil partes desses animais - cabeça, ossos, pele e outros - foram apreendidos na ultima década na Asía. A maior rota de trafico é entre a Índia e a China (onde são vendidos como alimento e na medicina tradicional).

No Brasil animais silvestres são atropelados em rodovias, pois o habtart onde vivem esta sofrendo intensas modificações com a urbanização.

" Para o triunfo do mal basta que os bons não façam nada"

sábado, 9 de abril de 2011




Pesca no Pantanal


Este é o resultado de uma ótima pescaria no Pantanal.


Dourado - è um dos maiores peixes de escama de água-doce. Chega a atingir 1,10 m e pesar 20 kg. Habita águas correntes e sua pesca é fácil, pois é atraído por tudo o que brilha na superfície da água. A boca grande é provida de dentes afiados.


Pintado - É um peixe considerado nobre no Pantanal, pois sua carne tem poucos espinhos e é muito saborosa. Chega a atingir 1,5 m e pesar 40 kg. è um peixe de couro, com listras pretas transversais e pintas pretas por todo o corpo. Engole a isca de uma vez, tornando fácil sua pescaria no anzol.


E assim termina minha expedição no Pantanal com muitas lembranças e aprendizados, vale a pena conhecer este verdadeiro paraíso ecológico e se emocionar com as belezas e maravilhas que só o contato com a fauna e flora pode proporcionar.

terça-feira, 5 de abril de 2011







Momentos no Pantanal


- Tomando tereré

- Cavalgada no campo alagado

- Safari fotográfico



Que bicho é esse?

Este bicho que encontrei no Pantanal é a Paquinha. São também conhecidas por grilo toupeira. Suas antenas são longas e as pernas anteriores são mais curtas e modificadas para cavar o solo. As Paquinhas causam danos a gramados, porem infestações deste inseto não são frequentes no Brasil. Elas cavam túneis no solo próximo á superfície. Este hábito faz com que as ráizes de grama fiquem expostas levando a desidratação e a morte da planta. Percebe-se o ataque por paquinhas, pois a área atacada apresenta orifícios no solo e morte da grama, geralmente em aréas concentradas.

"encharcar o gramado com uma solução de água e detergente de lavar louças é uma solução eficiente para o controle de paquinhas"

domingo, 3 de abril de 2011



Ficando a menos de 1 metro do jacaré-de-papo-amarelo


Para tirar esta foto me aproximei bastante do jacaré-de-papo-amarelo, ficando a menos de um metro de distancia do bicho, que me alertava para não me aproximar mais. Foi uma atitude de risco, pois não tinha nada nos separando e um pequeno descuido poderia ser fatal. O jacaré-de-papo-amarelo é um jacaré típico da América do Sul. A espécie habita as floresta tropicais, preferindo áreas de baixada como lagoas e rios. São conhecidos por este nome, pois durante a fase do acasalamento, estes animais costumam ficar com a área do papo amarelada. Costumam se alimentar de crustáceos e pequenos mamíferos; eventualmente os exemplares maiores podem atacar presas maiores.

sábado, 2 de abril de 2011


Tatu-peludoTatu-peludo ou tatu bola é um animal portador de um escudo semelhante a uma armadura, constituída por fortes placas. Possui comprimento médio de 40 cm e mais de 30 cm de cauda, chegando a pesar 5 kg. Sua coloração vai do castanho-amarelado ao castanho-claro. Nasce sem pêlos, sem dentes, com os olhos e canais auditivos externos fechados, orelhas mal formadas e boca fechada lateralmente por uma membrana, havendo apenas uma abertura anterior que permite ao animal mamar. Sua longevidade média é de 15 anos. Esta presente em vários estados do Brasil e em outros países da América do Sul. Alimenta-se durante a noite de insetos e frutos. Apesar de enxergar mal o Tatu tem um excelente olfato e audição. "O animal que estou segurando foi capturado no Pantanal apenas para ser fotografado sendo solto em seguida."